domingo, 9 de setembro de 2007

Alguém Precisa de Você...

Alguém Precisa de Você...
Mensagem especial - Folheto AMORC DEXP-1


Segundo um velho axioma, cabe àqueles que desejam uma vida de sentido elevado envidarem seus próprios esforços para encontrar o caminho.

Todavia, aqueles que já conseguiram erguer umpouco do véu do conhecimento e encontrar meios para seu auto-desenvolvimento devem partilhar, até onde é possível, aquilo que descobriram e tudo o que possa ajudar os outros, em seu benefício pessoal e para o aperfeiçoamento fa Humanidade.

Na verdade, aqueles que estão vivendo na Luz maior não podem alhear-se aos que se debatem na obscuridade, e embora muitos destes achem cômodo permanecer nas trevas, iludidos por prazeres transitórios e ilusória felicidade, outros esperam, apenas um raio dessa luz e uma mão amiga que os oriente.

O conhecimento perde do seu sentido se é utilizado por nós, exclusivamente. Os que estão na Senda não podem, na verdade, deixar de se preocupar com aqueles que caminham tropegamente nos atalhos, procurando a verdadeira estrada, que nós conhecemos. Talvez até o tempo perdido por eles, batendo nas portas falsas, venha a desiludi-los, de tal modo que não acreditem, mais tarde, num portal autêntico que lhes seja aberto por alguém de boa vontade.

Nenhum verdadeiro estudante de misticismo achou necessário, alguma ez, ocultar sua autêntica fonte de conhecimento àqueles que considerou preparados e dignos, a não ser nos tempos difíceis em que os místicos eram perseguidos.

O sigilo foi necessário no passado, em virtude de intolerância religiosa e opressão política, mas não o é agora. O estudante sincero sabe que existe, agora, liberdade suficiente para transmitir aos outros sua alegria (...).

Por outro lado, uma Lei de Compensação nos impele, cada vez mais, a proporcionar àqueles que conhecemos os valores que são para nós mais elevados, pois, de todas as maneiras, muitos recebemos dos outros em nossa vida.

Existe à nossa volta uma multidão de pessoas sobrecarregadas de temores, debatendo-se em crenças errôneas, angústias, ignorância e preconceitos, procurando dignidade, sentido e coerência para suas vidas.

A nossa mão fraterna tem de se estender até elas, já que não podemos trazê-las ao nosso Sanctum privado ou a um Templo Rosacruz; temos de levar-lhes, mesmo anonimamente, a nossa mensagem, e talvez plantando a pequena semente que nelas germinará, quems abe numa grande árvore de conhecimento.

Sabendo que nenhum de nós é uma ilha e que tudo quanto ocorre nos outros nos afeta, de algum modo, jamais poderemos ficar indiferentes às vidas humanas que estão à nossa volta, pertubadas mental e espiritualmente, tantas vezes se debatendo em ódios, conflitos, erros e desesperanças, quando temos em nossas mãos a bússola da Esperança, da Saúde, do Amor e da Paz. (...)

Nossa missão é, principalmente, aqui e agora. A herança mais valiosa que poderemos deixar nesta existência será o grau de aperfeiçoamente e conhecimento que tivemos conseguido e transmitido ao nosso semelhante, como contribuição ao engrandecimento e à dignidade do Homem.

O que já alcançamos, mesmo nos parecendo pouco, representará muito em Confiança, Esperança e Paz de Espírito, que um simples gesto amigo de nossa parte vai levar a pessoas que sofrem, se desesperam, se perdem, atualmente, no labirinto da existência. (...)
(...)
****************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.