terça-feira, 12 de agosto de 2014

IMORTAL


Ser homem não traz ser imortal: Torna possível sê-lo. Mas para ser imortal é preciso viver entregue ao que tenha em si a imortalidade. (...)

Ser mortal é pertencer à vida, que é das coisas que mudam; ao espaço, que é de seres que se transformam; ao tempo, que é de momentos que passam. Para ser imortal, pertencer a onde não haja vidas, nem tempo, nem espaços. Para ser imortal é preciso pertencer a mais do que a vida.

A vida é a morte vivida, vida vivida só a imortalidade.

(Fernando Pessoa, "Moral, Regras de Vida, Condições de Iniciação")

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.