domingo, 10 de outubro de 2010

ATON


Teu alvorecer é belo no horizonte do céu,
Ó, Aton vivo, Começo da vida!
Quando surges no horizonte oriental do céu,
Enches toda a terra com tua beleza;
Pois és belo, grande...
Teus raios cobrem as terras,
E tudo o que criaste...
Tu és Ra...
Tu os unes pelo teu amor.

Embora estejas distante, teus raios estão na terra...
Luminosa é a terra.
Quando surges no horizonte,
Quando brilhas como Aton durante o dia.
As trevas são banidas,
Quando lanças teus raios...
Eles vivem quando brilhas sobre eles.
Excelentes são os teus desígnios, Ó, Senhor da eternidade!...
Pois teus raios nutrem todos os jardins,
Quando surges, eles vivem, e crescem por ti.
Fazes as estações do ano para criar todas as tuas obras;...
Para contemplar tudo o que criaste...
Tu estás em meu coração,
Nenhum outro que te conhece...
Tu o tornaste sábio em teu desígnios
E em teu poder.
O mundo está em tuas mãos,
Como o criaste...
Pois tu és duração...
Por ti o homem vive,
E seus olhos contemplam tua beleza...
Vivendo e florescendo para todo o sempre.
Numerosas são todas as tuas obras"
Elas nos estão ocultas,
Ó, tu, Deus único,
Cujos poderes nenhum outro possui.

Fonte: www.starnews2001.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.