sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

"15 Pontos sobre o Esoterismo Iniciático no seriado Chaves"


"15 Pontos sobre o Esoterismo Iniciático no seriado Chaves, e a estranha doença que afeta os Ocultistas de todo  mundo!" 
Por Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz

Saudações!

Em 1998 era um dos expositores em um Simpósio Esotérico na Tijuca (L.R.S.S.R.J.), Rio de Janeiro; dentre os palestrantes que me precederam estavam dois altos Iniciados especializados em desvendar 'os mistérios ocultos de eventos tidos como banais'.

Resolvi colaborar!

Ao chegar a minha hora, pequei um giz, fui ao quadro e anunciei que estava mudando de tema; durante uma hora e meia, falaríamos sobre os aspectos Místicos/Kabalísticos do seriado 'CHAVES'.

Visto que me seria impossível descrever tudo o conteúdo da palestra, vamos a um resumo:

 - A 'Vila', seus personagens, 'Casas' e 'Escada' simbolizam nosso próprio microcosmo com em seus diferentes estágios conscienciais.

- O 'Pátio' é o plano da consciência objetiva onde desenrolam-se os 'dramas' da existência.

- A 'Escada'  da 'Vila', discretamente posicionada, corresponde a 'Escada de Jacó' que nos permite elevar-nos aos Planos Superiores. É a coluna vertebral onde entrelaçam-se Ida & Pingala, o polo positivo e negativo. É o veículo por onde vai ascender a sagrada Kundalline.

- Cada 'Personagem' (persona=máscara=veículo) representa, de maneira mais ou menos clara, uma Sphera da Árvore da Vida ou seus Caminhos.

- Com apenas oito anos de idade, órfão, pobre e sempre faminto, ele tem seu  nome verdadeiro desconhecido. Como seu programa era exibido no canal oito (no México originalmente), seu nome ficou "El Chavo del Ocho" ('Menino' do Oito, em uma tradução livre). Os diretores de Silvio Santos, adaptaram o nome para 'CHAVES'. O 'Menino-Deus' prometido para a 'Salvação',(auto) Redenção, Assunção do gênero humano.

- Chaves é, como a família linguística do nome sugere, um objeto, um elemento que nos permite abrir uma porta, acessar algo obscuro, desconhecido ou temporariamente inalcançável.

- Notemos que, embora a série percorra os anos, 'Seu Madruga' deve sempre 14 meses de aluguel; isto nos leva a constatar que vida na 'Vila' transcorre fora dos limites tempo/espaço comuns, é atemporal.

- Chaves é o centro de tudo, vive fora dos Apartamentos mas é ao mesmo tempo a 'casa' central do Árvore; ou seja, é no entorno do seu humilde 'Barril' que todos convivem. É Thipheret, a Sphera Crística do Menino/Deus acessível a humanidade. Trata-se, digamos, do Sol que é o âmago, a luz e a vida de todos os outros planetas.

- 'Seu Madruga' é Malkut, o plano mais denso, visível, instintivo e primevo do Ser. Ele possui o espírito de Saturno que se demonstra na sua 'velhice', 'machismo' e 'implacabilidade para com as crianças'.

- A 'Bruxa do 71' é Yesod, o aspecto Lunar, e por isso carrega em si a 'Bruxa Ancestral', aquela capaz de evocar as forças psíquicas e usa-las semi-conscientemente; a 'antiga mãe' que deseja o 'velho pai' (Seu Madruga); distinta, sábia e misteriosa.

- 'Dona Florinda' é Vênus e, como tal, incorpora o romance e o amor para com o marido falecido(MARinheiro!!) e o Professor Girafales, o responsável pela retransmissão do Conhecimento. Ela é ao mesmo tempo elitista, dura, doce, empreendedora e violenta se necessário; a perfeita figura da Deusa d'lamore.

- 'Seu Barriga' ('Seu' > 'Senhor', do Latim > 'Dominus' > 'Dono'), está intimamente ligado a Sphera de Júpiter; possuidor do ouro e da prata, ele é o Proprietário de tudo material. De tanto 'desejar & possuir' acumula até gordura a ponto de ter o que chamamos de 'Rei na Barriga'. 'Seu Barriga' vive uma relação de amor e ódio com CHAVES que tenta sempre (inconscientemente) destruí-lo; encerrar a materialidade que impede a plenitude da Lux. Ainda assim, 'Seu Barriga' o protege e ampara, mesmo que de longe. "Foi sem querer querendo!".

- As 'Crianças' (Chiquinha, Quico, Nhonho, Pepe..) não possuem uma 'Casa' sua, moram com os pais; portanto, não são Spheras mas Caminhos; ou seja, não sediam aspectos do poder, apenas serven-lhe de Canal.

- Um dos pontos altos é o episódio em que CHAVES, Chiquinha e Quico entram na 'Casa da Bruxa' e 'descem' a uma caverna escura com toda parafernália típica popularmente atribuído a uma bruxa. Aqui, é a entrada ao 'Palácio Negro' dos Círculos Iniciáticos.

- A avó de Chiquinha ( ) e o Carteiro ( ), representam aspectos superiores da Árvore que, vez por outra, demonstram sua face para recolocar as coisas em ordem.

Enfim, durante uma hora e meia, no quadro negro, falei sobre estas associações e mil outras; quando estavam todos eufóricos, convencidos e contentes com estas 'descobertas', anunciei a realidade:

Eu tinha acabado de INVENTAR tudo aquilo!!!.

Nada, nada, nada daquilo tinha um fundamento pautado pela realidade ou pela Filosofia Iniciática. Duas ou três pessoas se manifestaram dizendo que usei de má fé, que era arrogante, prepotente e ludibriador.

Uma 'reviravolta' que despertou antipatia ao invés de mentes.

Tudo, tudo uma deliciosa 'viagem na maionese'.

Expliquei que realizei esta palestra para exemplificar o quão fácil é conduzir a mente humana por idéias baratas, à crenças e filosofias descabidas.

O palestrante anterior, que até a pouco me sorria como uma criança Iluminada, me olhava agora com fogo nos olhos.

Sim, eles ficaram chocados por eu ter-lhes elevado a um mundo de sonhos e em seguida os atirado ao solo frio e duro da realidade.

Em suma:

Cuidado! Não comece a ver significado, Magia, Filosofia ou Deus onde só existe um reflexo no janela, uma mancha no espelho ou uma nuvem no céu.

In Lumem Lumine,

C.C.C.M.R+C.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

"Como manter-se Motivado, mesmo na adversidade!?"



"Como manter-se Motivado, mesmo na adversidade!?"
Por Caciano Camilo Compostela​, Monge Rosacruz

Aos 57 anos de idade, quando sofria sangramentos inexplicáveis, ulceras, artrose, reumatismo, hidropisia, tremores e no auge de uma obesidade tão aguda que a impedia de locomover-se, Helena Blavatsky surpreende! Quando todos imaginavam que ela nada mais tinha a oferecer, que estava velha; cansada e abatida pelas dores da vida, pela 'má fama', pelas ferrenhas inimizades, pelas tantas derrotas e desventuras, ela escreve definitivamente seu nome na História do Esoterismo ao publicar sua maior obra: "A Doutrina Secreta"!

Em 1888, Madame Blavatsky renasce das próprias cinzas e, mais uma vez, demostra sua capacidade de auto-Superação, sua força de Vontade.

A Doutrina Secreta, publicada no Brasil em seis volumes, ainda é literatura obrigatória para quem deseja aprofundar-se no fascinante mundo de ligações e interligações da mística Oriental e Ocidental. Entretanto, o que nos chama realmente atenção aqui, é o espírito de absoluta força, poder e resiliência na personalidade de H.P.B.

Não, a vida não é feita apenas de 'selfies' glamourosas, de momentos fantásticos, viagens exóticas e quanto maior a Luz que se ouse emitir, maiores serão as sombras igualmente projetadas.

É sumamente importante que tenhamos uma Missão de vida, que saibamos qual é a Vocação de nosso coração e trabalhemos incansavelmente em sua direção. Sem um norte, melhor, um Oriente, caminhamos a esmo perambulantes, desorientados, e inconstantes como o vento.

Isto é Motivação (do Latim, Movere), é a razão, o objetivo, o Motivo que nos move numa determinada direção.

Madame Blavatsky, em uma de suas cartas a Clarividente Annie Besant, afirmou:

'O vento balança os galhos, mas o tronco permanece imóvel'

Ou seja, as circunstâncias não podem derrubar uma Vontade forte e determinada;  enquanto a vontade débil, indecisa, instável, raquítica e vacilante caí a primeira dificuldade. 

Para manter-se de pé, firme nos Objetivos e Metas desenhadas, é necessário alinharmos aspectos internos e externos. 

Internamente: Significa sermos capazes de silenciar, nos distanciar dos outros e dos papéis pré fabricados para (re)descobrirmos nosso destino.

Externamente: Significa estarmos conectados com lugares, situações, ensinamentos e pessoas que, de fato, acrescente em nossas vidas.

O automotivado não depende de estímulos alheios. Ele é o que é porque encontra dentro dele mesmo todos os motivos para fazer o que tem que ser feito. Ele age.  Faz o que deve ser feito quando chega o momento de fazê-lo.

Não esperemos que o momento seja favorável, ou que as condições estejam adequadas para começar; simplesmente arregacemos as mangas e façamos! 

Uma história que sempre conto em minhas palestras pelo país, é que quando Helena Blavatsky chegou aos Estados Unidos da América (numa viagem de 3º classe de navio), ela não tinha amigos, nenhum dinheiro e, o pior, quase não falava Inglês. Ela simplesmente foi; sem esperar 'as situações favoráveis' e o Universo a recompensou.

Não é raro conversar com pessoas jovens que se acham velhas, no fim da linha; que brigam com o cônjuge e  se consideram fracassadas; pessoas que, por uma deficiência ou outra, se acham incapazes, imprestáveis, infelizes. Quando se tira os olhos do Alto, da Missão, do Todo, a vida fica tão curta, tão pequena, tão frágil que realmente parece não haver saída; mas o Universo permanece o mesmo, infinito, vibrante e abundante em oportunidades. 

Perde-se muito tempo e energia com gente que não vale uma vela acessa, projetos de vida que não são nossos, expectativas alheias, discussões inúteis e  ambições desnecessárias que impedem o Sol da Verdadeira Vontade brilhar.

Falhar, falir, errar é perfeitamente humano; a única coisa indigna é desistirmos antes mesmo de começar. 

É bem mais louvável o indivíduo que morre tentando do que o que vive desistindo.

In Lumem Lumine,

C.C.C.M.R+C

7 Conselhos pra quem quer entrar na Maçonaria e ficar Rico!


"7 Conselhos pra quem quer entrar na Maçonaria e ficar Rico!" 
Por Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz

Sejamos justos & perfeitos, vamos direto aos pontos:

1- A Maçonaria não tem nenhuma associação com o 'Diabo', não possui rituais de sangue e não obriga seus membros a nenhum 'Pacto' maligno. Portanto, se você deseja um pacto com o 'satânico', desista!

2- Embora as Lojas Maçônicas tenha sido o berço do poder político-social no Império e nos primórdios da nossa república, bem como desempenhado relevante papel nos acontecimentos mundiais; ela não é a 'cabeça oculta' do planeta, e não tem voz absoluta e definitiva na política mundial. Portanto, se deseja entrar pela janela nos corredores do poder, desista!

3- A Maçonaria, nos seus inúmeros Ritos e Obediências (Tradições), não proporciona nenhuma técnica especialmente poderosa, rápida e extraordinária de Despertar Consciencial. Portanto, se você deseja poderes astrais sem luta, desista!

4- A Maçonaria é uma Ordem de Conhecimento Simbólico, isto significa que o Maçom deve de fato compreender aquilo que perpetua: deve ser capaz de penetrar no sentido interno, na mensagem velada contida nos Rituais. Portanto, se você deseja os 'Conhecimentos Gnósticos' claros e prontos, desista!

5- A Maçonaria é uma organização Discreta, e não Secreta como costumam nominar as revistas sensacionalistas para aumentarem suas vendas. As Lojas possuem CNPJ, endereço e telefone; muitos Templos no mundo abrem suas portas para eventos de alta dignidade cultural, e existe uma legião de livros abordando sua história, ritos e filosofia. Portanto, se você deseja sentir-se especial, diferente, por participar de um 'club secreto', desista!

6- É verdade! Os Irmãos Maçons, na maioria dos casos, gozam de abundante Prosperidade; mas isso deve-se a três fatores:

- Apenas indivíduos livres, de bons costumes e financeiramente estabelecidos são convidados.

- Geralmente eles desenvolvem uma especial capacidade de comunicação, interelação e associação, o que lhes abre muitas portas.

- Consciente ou inconscientemente colocam (ou deveriam colocar!) em movimento certos Princípios Cósmicos que regem a Lei da Prosperidade.

É indispensável primeiro Ser para depois Ter; ninguém pode Dar ou Receber o que não possui. Portanto, se você acha que ao ingressar vai sair do buraco, da inércia e da falência desista!

7- A Augusta e Venerável Maçonaria é uma Fraternidade Iniciática dedicada a elevação do gênero humano, a filantropia e a perpetuação dos Mistérios antigos tantos nos seus Ritos masculinos quanto femininos. Se você imagina que adentrar seus Portais é uma forma de aliviar o trabalho de autodescoberta, autodomínio e auto-iluminação; permita-me um conselho: DESISTA!

Fraternalmente,

C.C.C.M.R.+C.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O Bem e o Mal, de braço e abraços num Romance Astral



"O Bem e o Mal, de braço e abraços num Romance Astral"
Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz

O melhor favor que você pode fazer para a humanidade é cuidar da própria vida.

A Magia da Simplicidade aponta sempre em direção a pessoa mais importante do Universo: Você! Realmente,é inútil querer ajudar, vestir a capa púrpura da caridade e desfilar de consciência tranquila como se, de fato, amasse o outro. 

O 'amor ao próximo' está sob uma Lei, o 'amar a si mesmo'.

A etiqueta sócio-religiosa se sente profundamente indignada todas as vezes que não 'parecemos' pessoas altruístas, caridosas e magnânimas. O discurso comum é o de que devemos ser bonzinhos para com todas as pessoas e estarmos sempre prontos para emitir palavras de sabedoria. Bobagem. Farisaísmo. 

'Amor' é uma palavra tão vulgarmente usada que já perdeu seu brilho e sinceridade característica. As pessoas acham que amam o marido, a esposa, o filho, o vizinho, o mundo mas 'amam' é a si mesmas refletidas no outro.

...Não é que ela 'tivesse perdido o amor' pelo marido, é que ele 'não mas correspondia as expectativas dela'. Enquanto ele se enquadrava no 'papel' desenhado na mente dela, ele era bem aceito; mas quando assumiu o próprio desenho, a própria personalidade, já não mais havia 'amor'.

Ela nunca o 'amou' porque nunca realmente 'olhou' para ele, esteve o tempo todo presa em um feitiço olhando a si mesma no espelho.

Mas, ela insistiu, eu amo 'meus' filhos acima de tudo, de qualquer mudança e situação. Será? Ou ama apenas o seu papel de mãe, e tem esse reflexo tão profundamente enraizado que nem mesmo o pior dos destinos podem altera-lo?...

Igualmente é o que ocorre a grande maioria de nós (i)mortais, iludimo-nos pensando 'amar' fulano ou beltrano, quando apenas 'amamos' a nós próprios projetados no outro.

Uma das teias de infelicidade mais resistentes está em centralizarmos nosso ser no corpo perfeito, no carro do ano, no futuro dos netos, no dinheiro no banco, na esposa maravilhosa, nos amigos eternos, na religião, no diploma dos filhos; tudo nos afasta de nós próprios e, por não sermos capazes de olhar-nos de fato, não vemos o 'outro' embora imaginamos ama-lo.

Apenas se desilude quem se ilude.

Parte do Labor Iniciático está em quebrarmos o espelho, reconhecermo-nos na escuridão pra começar a ver a Luz.

Parece, mas ao recomendar o Amor como único mandamento, Yeshua, não nos dava uma Missão simplória; a palavra pode estar vulgarizada, mas a essência continua acessível apenas aos valentes.

Deste ponto de vista, o "amai ao próximo como a si mesmo" deixa sua máscara 'démodé', piegas, para assumir um caráter realmente desafiante e enriquecedor, capaz de nos fazer compreender que o "Amor é a Lei", mas só o é verdadeiramente sob Vontade.

O mecanismo de auto-projeção é tão sutil e arraigado na natureza animal (e humana) que podemos perfeitamente considera-lo como natural. A Filosofia esotérica assume esse desafio, e coloca diante do nariz do Buscador um espelho onde ele vê a si próprio sem filtros, sem maquilagem. Obriga-o a interrogar-se, descobrir-se e reconstruir-se. 

Decifra-me ou devoro-te!

Em Magia Prática, ou seja, na vida real, inexiste uma outra pessoa, um grande amor ou Deus, no centro. Somos os agentes ativos e acionistas majoritários da vida, da nossa vida. Não cabe conceitos desbotados de 'bem e mal que podem sim dançar juntos em perfeito romance astral'. 

Tanto o Egoísmo quanto o Altruísmo representam desequilíbrio; o primeiro coloca o 'eu externo' no centro, o segundo o 'outro'. Mesmo que sustentem belíssimos argumentos a favor, este e aquele, estão na contramão da Magia, da Iluminação.

Nossa missão primeva não é Iluminar o outro, mas Iluminar a si; não é honesto querer dar aquilo que não se possua.

Sermos uma ponte de auxílio, cooperação, esperança e gratidão para os que transitam em nossa órbita é a maneira mais inteligente de fazermos nosso mundo vibrar na mesma sintonia e alinharmo-nos com o Sol central; desde que não caíamos na armadilha tão comum de confundirmos posturas absolutamente superficiais como genuína manifestação espiritual.

In Lumem Lumine,

C.C.C.M.R+C.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Assuma uma Postura Poderosa e Transforme-se em 7 passos


Imagem especialmente produzida e publicamente distribuída da Fotografa Gracie Hagen, autora da série artística 'Illusions of the Body' um estudo visual sobre postura corporal.


"Assuma uma Postura Poderosa e Transforme-se em 7 passos"
Por: Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz

Não, não fique esperando que Arcanjos desçam dos céus para reparar as rachaduras da sua vida e solucionar os problemas. Não, não existe 'Círculo Mágico' capaz de bloquear as ondas da maré de má sorte que nasce de dentro. É, esqueça Mantras e Palavras de poder se primeiro não souber o que é 'Poder'. Também não adianta consultar as Cartas; comprar pedrinhas 'mágicas', colocar uma vassoura atrás da porta ou uma espada dependurada no meio da sala. Não tem Babalorixá, Pastor, Padre ou Santo que resolva.

Lamento informar, mas sabe aquela pilha de livros? Sabe aqueles cursos e Workshop de fim de semana? Sabe aquelas letrinhas Hebraicas que você tatuou no cóccix? Na prática não servem para nada. Coloque tudo na mesma sacola, junto com seus conhecimentos de 'Magia Enochiana', o 'Ritual da Estrela Invertida' as ladainhas 'Cipriânicas' e jogue tudo no lixo. Na vida real, são inúteis se não domina-se o básico, ou seja, você.

A 'Consciência Diretiva do Corpo' pode parecer algo infantil, simplório para muitos Buscadores; entretanto, aqui está a primeira Sphera a ser trabalhada, o primeiro mundo a ser descoberto. Malkut. Ignorar essa etapa do processo não significa ultrapassa-la.

Os indivíduos que dominarem este aspecto simples, serão capazes de Encantar. Poderão falar e projetarem proativamente sua mensagem mesmo que não emitam uma única palavra; serão pessoas agradáveis, positivas, interessantes, sedutoras e poderosas. 

Uma postura física Orientada, Justa e Perfeita rejuvenesce, revigora e reequilibra. 

É muito provável que o gosto pelo exótico, pelo complexo, a etiqueta cerimonial e o fausto venha justamente da preguiça em realmente Trabalhar; por isso uns fazem tanto com tão pouco e outros nada fazem mesmo com muito.

Lembro-me de um Senhor no Uruguai que achou muito estranho eu não saber dirigir, não ter carro e nem a mínima vontade de ter. Perguntei-lhe quantos lugares ele conhecia com seu belo carro, poucos, não tinha tempo pra sair por aí porque tinha que pagar as contas (e o carro); então lhe apontei minha velha e remedada mochila, já tinha morado em dezenas de cidades e conhecido mais países do que dedos que ele tinha nas mãos.

A lógica matemática nem sempre se aplica, e mais pode ser menos; o simples pode ser grandioso e o elaborado perfeitamente inócuo. 

Em Magia Prática ocorre exatamente assim, enquanto nossos olhos estiverem fixos nas vitrines do que deveríamos ter, comprar e adquirir para crescermos, tornamo-nos incapazes de olhar o fundamental e realmente avançarmos.

Vamos Lá:

1- Alinhe a coluna e instantaneamente sua vida muda. Sinta como as energias fluem e refluem com maior poder, uma amorosa sensação de autodomínio começa a instalar-se. Ela é o tronco da Árvore da Vida, é a Escada (Iniciática) de Jacob, é o Caminho Egíneo que sustenta e ampara a Iluminação.

2- Cabeça reta; nem muito para baixo, nem muito para cima. Você não é pior ou melhor, é único; isso é Humildade.

3- Todas as vezes que se sentir triste, desanimado ou levemente depressivo, coloque a língua no céu da boca. Dizem os especialistas que ali se encontra um dos pontos chaves de conexão das 'Serpentes Polares'. Funciona.

4- Aprenda a respirar conscientemente; se existe algo poderoso no Universo, algo capaz de moldar nossos estados emocionais e redirecionar nossas forças é isto, respirar.

5- Mantenha pés e braços harmoniosamente distribuídos, as mãos seguramente posicionadas e sincronizadas com a força-ideia que deseja transmitir para outrem ou para si a cada momento.

6- Olho no olho. Aprenda a dirigir, focar e manter seu olhar em conversas informais, ou mesmo ao dirigir-se a grandes plateias; do mesmo modo, a voz pode ser gradualmente trabalhada para pintar os cenários que desejar. 

7- Veja seu corpo, interna e externamente, não como mero veículo da Vontade, mas como principal Instrumento de Ação que se pode ter. Revista-o imaginariamente de Luz, Força, Criatividade e Sorte. Faça-o com E-moção. 

In Lumem Lumine,

C.C.C.M.R+C.




quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

O Frater assassino & os loucos de Avental



"O Frater assassino & os loucos de Avental"

Por: Caciano Camilo Compostela, Monge Rosacruz

Então, o membro da Ordem Rosacruz AMORC, disparou dois tiros na cabeça do Senador Robert Kennedy, o mais forte candidato a Presidência dos Estados Unidos da América em 1968.

Irmão do igualmente assassinado John Kennedy, Senador por Nova York, ex-Ministro da Justiça e a voz mais retumbante do Partido Democrata teve o sonho de suceder o irmão na Presidência Americana interrompido enquanto comemorava o resultado das Prévias em Los Angeles. Os tiros do 'Frater Sirhan Sirhan' foram certeiros, deixou a Nação Americana em choque e os 11 filhos do Senador órfãos.

Palestino por nascimento, o Frater Sirhan tinha uma mente visivelmente nebulosa, misturava motivações políticas com argumentações pseudo-místicas; o apoio Americano a Israel nas questões territoriais foram a 'gota d'água' para que o espírito decidido do Frater colocasse o sangrento plano em ação.

 Ao lermos minuciosamente seu 'diário' (que todo Frater costuma ter), verificamos uma mente profundamente angustiada embora sincera em sua Busca. Ele alinhava um profundo interesse espiritual com um senso de 'fazer justiça com as próprias mãos'; nutria estranha curiosidade sobre a Golden Dawn, Mediunidade, Goétia e  'táticas de guerrilha'.  Mais do que as palavras, são os trevosos desenhos em seu 'diário espiritual' que apontam a grave possibilidade de estar obsediado por Ens Sombrosos sedentos por vingança. O Frater não era uma pessoa má, epenas perdida e alucinada.

Inicialmente condenado a Morte, ainda hoje cumpre prisão perpétua na Califórnia, sem maiores ligações com a AMORC que lhe expulsou e emitiu uma pequena 'nota de repúdio e desculpas' na época assinada por Ralph M. Lewis filho do fundador,  Harvey Spencer Lewis.

Não é meu intuito reavivar esse episódio pelo simples prazer de mastigar o sangue coagulado pelo tempo, mas abrir algumas brechas de reflexão sobre um fato mais comum do que se imagina, a quantidade de gente perturbada no Esoterismo.

É claro que o 'tipo' assassino é raríssimo, mas uma outra infinidade de loucuras se manifestam em variados graus e modalidades. É inacreditável a quantidade de gente preguiçosa, deprimida, fanática, fracassada, ignorante, maníaca, neurótica, instável e  lamuriosa dentro das Ordens e Sociedades Iniciáticas.

Parece difícil mas não é, explica-se com muita facilidade o 'sucesso'  do Esoterismo e da 'Magia' em atrair essas mentes. Elas desejam um caminho curto, fácil e barato, desejam uma atalho que as transmute de cinzento chumbo em refulgente ouro. Nada contra, as técnicas perpetuadas pela Tradição Esotérica podem perfeitamente auxiliar no processo de autocontrole e autotransformação, auxiliar na construção de uma Psiquê mais harmônica e luminosa; entretanto, as coisas não são tão simplistas assim.

Duas décadas envolvido com variadas Ordens e trabalhando cotidianamente com inúmeros indivíduos me ensinaram que, para muitos, seria muito mais útil retornar as Religiões oficiais e começar do zero. 

Ao contrário do que se imagina a Magia não soma, multiplica.

Ou seja, se o indivíduo é problemático, sem poder de concentração e auto-direcionamento a Magia vai intensificar essa deficiência. Se a pessoa tem o espírito da pobreza, do azar e da derrota, é exatamente isso que a Magia vai lhe proporcionar. A Magia não lhe dá nada que já não possua, apenas amplia o que já existe.

É por conta deste Princípio simples mais ignorado que muitos queixam-se pelos cantos, dizendo que 'depois que iniciaram as práticas' a vida só fez piorar. Sem executar a necessária 'reforma íntima' já se lançam nas práticas evocativas, associações com Egrégoras e Ens cuja missão é realizar os mais profundos desejos que não se vêem nas palavras vãs, superficiais, e sim na própria vida.

O que esta ‘classe’ não compreende é que antes de se tentar dominar o que está fora tem que se dominar o que esta dentro, que sem uma Vontade desperta e suficientemente desenvolvida o indivíduo torna-se uma marionete sob o domínio dos Ens que pretende evocar. É sugado, arrastado, vampirizado sem dó e sem piedade.

A Magia não é cruel, é indiferente.

Vence e prevalece o mais forte, a Vontade mais forte. Portanto, se me permitem a sugestão, antes de qualquer trabalho desta natureza dedique-se a arrumar sua própria vida, seus pensamentos, sentimentos, sua relação com família, finanças, sociedade e etc.. O Iniciado é aquele que utiliza seu autocontrole pra conduzir as energias do universo e não o contrário.

A carteirinha de membro, um avental colorido, meia dúzia de palavras de passe e alguns segredinhos infantis não fará de ninguém verdadeiramente melhor, muito menos Iniciado.

In Lumen Lumine,

Caciano Camilo Compostela​.
Monge Rosacruz.


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

CUMPRIR DEVERES FAMILIARES



Dos Versos de Ouro de Pitágoras:

"5. Honra em seguida a teus pais, e a todos os membros da tua família."


Cumprir os deveres familiares e ter um comportamento equilibrado no plano emocional garante uma boa parte da tranquilidade básica necessária à busca da sabedoria divina. O desapego é igualmente importante. Um instrutor espiritual dos Himalaias escreveu no século 19 para um discípulo leigo, Alfred Sinnett: “Parece pouco a você que o ano anterior tenha sido empregado apenas em seus ‘deveres familiares’? Não; que melhor causa para recompensa, que melhor disciplina que o cumprimento do dever a cada hora e a cada dia? Creia-me, meu ‘aluno’, o homem ou a mulher que é colocado pelo Carma no meio de deveres, sacrifícios e amabilidades pequenos e definidos irá, através do fiel cumprimento deles, erguer-se à dimensão maior do Dever, do Sacrifício e da Caridade para com toda a humanidade. Que melhor caminho, para a iluminação buscada por você, que a vitória diária sobre o Eu, a perseverança apesar da ausência de progresso psíquico visível, o suportar da má-sorte com aquela serena resistência que a transforma em vantagem espiritual – já que o bem e o mal não podem ser medidos por acontecimentos no plano inferior ou físico?” [4]

NOTA:

[4] Veja Cartas dos Mahatmas Para A. P. Sinnett, Ed. Teosófica, Brasília, volume II, Carta 123, pp. 269-270.

Fonte "Vislumbres da Outra Margem"