sábado, 4 de abril de 2015

MARIA A. MOURA: Missão Cósmica Cumprida

MISSÃO CÓSMICA CUMPRIDA:
MARIA APARECIDA MOURA, SRC

A ÚLTIMA FOTO OFICIAL:
Maria A. Moura, F.R.C., entre o Imperator Christian Bernard, F.R.C.  (à esquerda) e o Grande Mestre Charles Vega Parucker, F.R.C., na XVIII Convenção Nacional Rosacruz, em Curitiba, Setembro de 2000.

Maria A. Moura organizadora e ex-Grande Mestre da Ordem Rosacruz AMORC no Brasil, passou  pela transição quarta-feira 4 de abril de 2001. Teve vida longa e proveitosa neste Plano e será para sempre lembrada, com esta frase: Missão Cósmica Cumprida. Na casa dos 80 e ainda demonstrando grande vigor físico e mental, proferiu palestra durante a Convenção Nacional da AMORC/Brasil realizada em fins do ano/século/milênio passado em Curitiba, durante a qual recebeu justa homenagem.

Exemplo de serviço altruístico, Maria A. Moura dedicou longos anos de sua vida ao esplêndido trabalho de levar a Luz Rosacruz por todo o Brasil, difundindo-a mais tarde  para todos os paises de Língua Portuguesa. Tendo desempenhado todas as funções que exerceu com galhardia e pioneirismo, tornou a AMORC conhecida de milhares de pessoas, que hoje se beneficiam do conhecimento e práticas do autêntico e tradicional misticismo Rosacruz.

AMORC foi estabelecida no Brasil em 1956, pelo então Presidente Mundial da Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis, Ralph M. Lewis. Com Maria A. Moura e José de Oliveira Paulo foi empreendida com vigor a tarefa de expansão do Rosacrucianismo em todo País. Dedicaram-se com expressivo ato de doação e voluntariado, trabalhando muito para que os membros pudessem estudar os profícuos ensinamentos esotéricos Rosacruzes em nossa língua. Como Grande Mestre da AMORC no Brasil, Maria A. Moura constituiu extensa e maravilhosa Biblioteca Rosacruz trazendo para a lingua portuguesa as obras do Dr. Harvey Spencer Lewis, seu filho Ralph e outros Mestres.

Gratificados por serviços prestados por esta ilustre personalidade, os Rosacruzes reuniram-se na noite da quarta-feira em que Maria A. Moura fez a Grande Iniciação para celebrar a cerimônia fúnebre Rosacruz e despediram-se de sua Ex-Grande Mestre  na quinta-feira dia 5 de abril às 10h da manhã, partindo o cortejo do Grande Templo da Ordem Rosacruz, à Rua Nicarágua 2620, no Bacacheri, para o Cemitério Jardim da Paz, no prolongamento da Avenida Anita Garibaldi, Barreirinha. Ficou uma certeza para todos: não existe morte, é apenas uma breve separação, persistindo para sempre o exemplo deixado, mais forte do que a saudade e servindo como alento.

Muito obrigado, Soror Maria A. Moura, por tudo o que a senhora fez pelos estudantes Rosacruzes. Devido ao seu trabalho pioneiro e abnegado muita gente em nosso País teve a oportunidade de encontrar a Luz, livrando-se das trevas da ignorância e da superstição.

Fonte: clique Aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.