terça-feira, 16 de junho de 2009

REAL ARCO - MAIS LUZ NA MAÇONARIA


Nenhum Rito da Maçonaria é mais atuante no mundo quanto a Maçonaria do Real Arco. Presente em todos os países do mundo; em todos os continentes e em muitas ilhas, os Capítulos do Real Arco podem ser encontrados, sempre dispostos a receber seus companheiros de outras partes do mundo, naquele companheirismo típico que caracteriza a Maçonaria do Real Arco.
Na Ásia, África, Europa, Américas e no continente Australiano podem ser encontrados centenas de Capítulos do Real Arco nos quais você sempre será bem-vindo. Somente nos Estados Unidos podem ser encontrados mais de 750.000 membros em 3.000 capítulos.

O Grande Capítulo Geral de Maçons do Real Arco foi fundado em 1797, em Boston, Massachussets e tem hoje jurisdição em mais da metade dos 7.000 Capítulos no mundo, inclusive nas províncias de Alberta, Manitoba, e Saskatchewan no Canadá, os Grandes Capítulos do México, Filipinas, Alemanha, Itália, Grécia e muitos capítulos na América do Sul. Após sua exaltação como Maçom do Real Arco você se tornará membro do maior e mais antigo rito da maçonaria.

Mas o que tem atraído tantos irmãos a buscar mais luz na Maçonaria do Real Arco?

Conforme as instruções eram recebidas durante a passagem pelos graus simbólicos, certamente muitas perguntas surgiram a respeito do significado das cerimônias ritualísticas, das implicações históricas e o "por que" das lendas da Maçonaria.

Muitos acreditam que o Grau Mestre Maçom é o último grau de Maçonaria e todos os outros são adicionais e explicativos. A maioria dos estudantes de Maçonaria concordam que a história da Arte, tal como apresentado nos três graus, está incompleta e que os graus do Arco Real completam a história e respondem muitas das perguntas do recém-feito Mestre Maçom.

O Grau do Real Arco era tão importante para a Maçonaria que no Act of Union [Ato de União] firmado entre as duas Grandes Lojas rivais – que deram origem a Grande Loja Unida da Inglaterra, em 1813 – ficou estabelecido um solene landmark:

"A Maçonaria Antiga e Pura consiste apenas de três graus, a saber: o Aprendiz, Companheiro e Mestre, incluindo a Suprema Ordem do Sagrado Real Arco."

Este Landmark jamais foi alterado e até hoje, nenhum outro grau foi reconhecido oficialmente pela Grande Loja Mãe e todo rito, sistema ou grau adicional da Maçonaria não pode conferir seus graus a um Mestre Maçom até que ele tenha recebido o Grau do Real Arco. Naturalmente, é como deveria ser, porque nenhum homem se torna Mestre Maçom completo até que ele tenha encontrado a Palavra e ela somente pode recebida no Real Arco!

O Capítulo ou Maçonaria do Real Arco consiste em quatro graus, Mestre de Marca, Past Master, Super Excelente Mestre e Maçom do Real Arco.

Acredita-se que o Grau de Mestre de Marca tenha se originado como uma cerimônia de registro da marca de um artesão, naqueles tempos, distinguido pelos maçons de ofício operativo e sua construção do templo. Mais tarde foi desenvolvido em um grau cheio de simbolismo pela fraternidade Maçônica, tal como o conhecemos hoje. Alguns estudantes dizem que é o grau mais antigo e pode ter precedido todos os outros em de muitos anos. É considerado pelos estudantes e ritualistas como um dos mais belos graus em toda a Maçonaria, ensinando lições que provam seu valor em todas as caminhadas da vida. Algumas Grandes Lojas no mundo colocam o Grau de Mestre de Marca em tão alta eminência, que às vezes o deixam à jurisdição de um grande corpo à parte, uma Grande Loja de Mestres Marcas.

O Grau de Past Master veio à existência porque originalmente o grau do Real Arco era conferido pelas Lojas Simbólicas (Azul) somente aos Past Masters de direito. Este grau foi instituído para tornar possível a todos os dignos Irmãos de receberem o Grau de Real Arco. O primeiro registro de sua conferição foi em 1768 na Inglaterra.

O Grau de Super Excelente Mestre é um produto da inovação americana. Foi conferido no Capítulo do Real Arco, já em 1783 em Middletown, Connectcut. É sem dúvida o mais espetacular dos graus em toda a Maçonaria. É o único grau que toma violentamente nossa atenção à conclusão e a dedicação do Templo do Rei Salomão. A mesma idéia na qual todo simbolismo maçônico está baseado.

O Grau de Real Arco é o clímax de Antiga Arte da Maçonaria e do Simbolismo Maçônico. É descrito como "a raiz e essência da Maçonaria." É o relato completo da História Judaica durante algumas de suas mais obscuras horas. Onde Jerusalém e o Sagrado Templo são destruídos e o povo de Israel é tomado como escravo na Babilônia. Aqui você se juntará com alguns dos cativos, conforme são postos em liberdade, para voltarem para casa e se engajarem no nobre e glorioso trabalho de reconstrução da cidade e do Templo de Deus. É durante esta reconstrução que eles fazem uma descoberta que vem a iluminar o maior tesouro de um Maçom - a antiga Palavra Perdida.



Muitos historiadores localizaram as origens mais remotas do grau de Real Arco na Irlanda, no século 17 e na Inglaterra em 1738. Em 1752, autorizações ambulatórias ou militares para lojas foram introduzidas. Isto era instrumental para colocar o Grau do Real Arco no mesmo nível do Grau de Mestre Maçom.

Lojas militares foram as grandes responsáveis pelo estabelecimento da Maçonaria nas Colônias e também deram luz ao uso dos graus de Marca e Real Arco no "Novo Mundo". Registros mostram que o Grau do Real Arco foi conferido na Loja Fredericksburg No. 4, no dia 12 de dezembro de 1753. George Washington fora elevado nesta Loja meses antes desta data.

O valor da Maçonaria do Real Arco será apreciado por todos que forem exaltados àquele mais sublime grau, particularmente por aqueles que estão buscando completar sua educação maçônica. Ele revela a completa Luz da Antiga Arte Maçônica, apresentando-o como um completo sistema, de acordo com o plano original, e o intitula de forma justa ao reivindicar o nobre nome de Mestre Maçom.

A Maçonaria do Real Arco contém uma declaração simples, clara da Verdade, facilmente compreensível e útil em nossa relação com a vida. As Lojas Simbólicas lidam com lições do lado material da vida. Os graus Capitulares, e particularmente o Real Arco, lida com o lado espiritual. Oferecendo a verdadeira conclusão da antiga Arte, a Maçonaria do Real Arco é, então, o passo lógico que todo Mestre Maçom deve dar.

Se depois de se tornar um Maçom do Real Arco, você desejar continuar seus estudos, poderá ainda receber os Graus Cripticos que são ilustrativos e promovem a evolução dos princípios do Real Arco.

Qualquer Mestre Maçom poderá propor com zelo seu nome como um candidato para aos antigos mistérios de Maçonaria.
Por Alexandre Nascimento
Fonte:
Real Arco

Um comentário:

  1. Vida longa e prospera a todos Irm.'., sou um aprendiz maçon e gostaria de ter mais conhecimento do Arco Real, claro que a seu tempo certo.T.'.F.'.A.'. meu imail é jorgepitta1@hotmail.com

    ResponderExcluir

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.