sexta-feira, 14 de setembro de 2007

NOSSO MEIO AMBIENTE - ARTIGO

Nosso Meio Ambiente

Por Blanche Gilmore, F.R.C.
Revista “O Rosacruz” –jun/1974 - pg.109


Todos os esforços do homem provêm da mesma motivação básica: a necessidade de realizar seu Ser ao mais alto grau, e elevar e expandir algum aspecto de si mesmo. De modo a preencher essa necessidade, usualmente determinamos para nós mesmos, desde o começo de nossa vida, uma meta ou objetivo a quem possamos dedicar nossa energia.

Obstáculos à realização desse objetivo logo se apresentam, e reconhecemos, antes de qualquer coisa, como fruto de nosso ambiente. Convencemo-nos de que fatores como: meio ambiente harmonioso, associados influentes e solidários, ou determinadas posses, contribuiriam grandemente para a consecução do objetivo. Se tais fatores não se apresentam, experimentamos uma sensação de frustração e derrota. Desse modo, uma vez que tenhamos conscientemente estabelecido uma meta, a relação entre o nosso ambiente e a realização daquela requer atenção.

O meio ambiente, porém, não é um componente da vida. É tão somente o cenário no qual a vida transcorre. Enquanto o homem acertadamente procura aperfeiçoar esse cenário, deve permanecer alerta ao perigo de se identificar com ele.

Há um período para quase todos nós em que é aconselhável pôr de lado temporariamente a consideração de nossos propósitos essenciais, de modo a estabelecer para nós mesmos um meio ambiente que acreditamos ser compatível com a nossa condição. Muitas vezes, nesse processo, a realização de nosso objetivo original perde sua urgência. O contínuo enriquecimento de uma base para sua busca absorve todo o nosso interesse. Em determinado tempo, acontece volvermos o olhar àquela aspiração que era fonte de todo o nosso esforço, para vê-la como um sonho inútil a ser abandonado por completo.

Quando alguém se torna tão atraído pela conquista de um meio ambiente agradável que identifica como sucesso na vida, é o mesmo que congratular-se consigo mesmo por uma viagem completamente realizada, tão logo apenas acabasse de fazer as malas.

********************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu e-mail para retornarmos seu comentário.